Webinars

Acesse apresentações disponíveis conduzidas por especialistas no assunto e líderes de opinião importantes da Abbott para obter insights sobre as tendências do setor, descobertas médicas, tecnologias de saúde e muito mais.


Assista agora. Acesse-nos com frequência para obter novos conteúdos.

Série COVID-19 Doenças infecciosasCardiologia

 

 

COVID-19 Series

 

UTILIZANDO INSIGHTS DE RESPOSTA IMUNOLÓGICA NO
GERENCIAMENTO DA COVID-19

Após dois anos da pandemia de COVID-19, a comunidade científica alcançou um melhor entendimento do patógeno (SARS-CoV-2), das vias e modalidades de transmissão e do curso clínico. No entanto, como nossas suposições sobre a doença COVID-19 têm evoluído e continuarão a evoluir, como aproveitamos as ferramentas de teste para estarem mais bem preparadas antes de um provável ressurgimento da infecção no futuro?

 

Perfis imunológicos e o papel dos algoritmos de teste no combate aos sars-COV-2

Assista ao webinar completo


Palestrante
Deborah Birx.jpg
Deborah L. Birx MD.
Ex-coordenadora de coronavírus da Casa Branca, EUA
A Dra. Deborah L. Birx recebeu seu diploma médico da Hershey School of Medicine, Pennsylvania State University e, a partir de 1980, fez treinamento em medicina interna e imunologia básica e clínica no Walter Reed Army Medical Center e no National Institutes of Health. A Dra. Birx é certificada pelo Conselho em medicina interna, alergia e imunologia, além de imunologia laboratorial clínica e diagnóstica.

A Dra. Birx passou sua primeira carreira servindo os Estados Unidos como coronel do Exército e, posteriormente, executando alguns dos programas mais importantes e influentes dos Centros de controle e prevenção de doenças dos EUA e do Departamento de Estado dos EUA. Entre suas muitas realizações, ela liderou um dos mais influentes estudos de vacinas contra o HIV na história (conhecida como RV 144 ou o estudo tailandês), que forneceu a primeira evidência de suporte da possível eficácia de qualquer vacina na prevenção da infecção pelo HIV. Em 2014, a Dra. Birx tornou-se embaixadora em geral, quando assumiu a função de coordenadora das atividades do Governo dos Estados Unidos para combater o HIV/AIDS e representante especial dos EUA na Diplomacia de Saúde Global.

Mais recentemente, a Dra. Birx atuou como coordenadora de resposta ao coronavírus da Casa Branca, onde fez recomendações para o vice-presidente usando integração de dados complexa para realizar a tomada de decisões, bem como trabalhou em estreita colaboração com funcionários do governo em todo o país para fornecer orientação e aconselhamento específicos ao estado.
 
 
               
 
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

Esta série de webinars em 3 partes tem como objetivo fornecer uma atualização abrangente sobre:

  • Como usar melhor os diagnósticos e os dados para garantir que os pacientes prosperem no momento da COVID?
  • Quem está em risco de doença grave, hospitalização e morte devido à COVID?
  • Quais ferramentas e estratégias são necessárias para proteger proativamente os mais vulneráveis?
  • Quais lacunas ainda existem?

 

QUEM DEVE ASSISTIR
  • Profissionais de laboratórios
  • Médicos

 

PÁGINAS RELACIONADAS
  

 


 

dinâmica epidemiológica de sars-cov-2 e respostas sorológicas a variantes

Visualize o webinar


Palestrante
chiu.jpg
Charles Y. Chiu MD. PhD.
Universidade da Califórnia, São Francisco, EUA
O Dr. e PhD Charles Chiu é professor de medicina e de medicina laboratorial, divisão de doenças infecciosas na Universidade da Califórnia, em São Francisco, diretor do UCSF-Abbott Viral Diagnostics and Discovery Center (VDDC) e diretor adjunto do UCSF Clinical Microbiology Laboratory.

Atualmente, o Dr. Chiu lidera um laboratório de pesquisa translacional focado no desenvolvimento de ensaios de sequenciamento de próxima geração para diagnóstico de doenças infecciosas e investigação da patogênese e respostas imunes a patógenos emergentes, incluindo Borrelia burgdorferi (doença de Lyme), enterovírus D68 em mielite aguda flácida, vírus Zika e, mais recentemente, o coronavírus SARS-CoV-2. Ele também está desenvolvendo novas tecnologias, como sequenciamento de nanoporos e perfil de transcriptomas RNA-Seq, para desenvolver modelos preditivos usando aprendizado de máquina para diagnóstico de infecções baseado em resposta do hospedeiro.

O trabalho do Dr. Chiu tem sido apoiado pelo financiamento dos Institutos Nacionais de Saúde (NIH), Centro dos EUA para Controle e Prevenção de Doenças (CDC), Biomedical Advanced Research and Development Authority (BARDA), Abbott Laboratories, Chan-Zuckerberg Biohub, The Steven and Alexandra Cohen Foundations e da California Initiative to Advance Precision Medicine. O Dr. Chiu é autor de mais de 200 publicações revisadas por colegas (mais de 30 relacionadas à COVID-19), possui mais de 15 patentes e solicitações de patentes e atua no Conselho consultivo científico da Mammoth Biosciences, Inc., Biomesense e Poppy Health, Inc.
             
 
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM
  • Estrutura, origem e transmissão do SARS-COV-2
  • COVID-19 – manifestações clínicas e tratamento
  • Sintomatologia da COVID longa
  • Opções de teste de diagnóstico disponíveis
  • Opções de teste disponíveis (design e usos)
  • Como as novas variantes do SARS-COV-2 são descobertas, monitoradas e por que elas são preocupantes?

 

QUEM DEVE ASSISTIR
  • Profissionais de laboratórios
  • Médicos

 

PÁGINAS RELACIONADAS
  

 


 

imunologia e respostas imunes a sars-cov-2

Visualize o webinar


Palestrante
Daimon Simmons (1).jpg
Daimon P. Simmons MD. PhD.
Brigham and Women’s Hospital, EUA
O Dr. Simmons é um patologista clínico com interesses de pesquisa em doença autoimune e inflamação. As suas atividades clínicas incluem imunologia e biologia molecular. Atualmente é diretor médico adjunto do Brigham and Women's Hospital Clinical Immunology Laboratory. Ele também é um médico assistente no serviço de patologia molecular. Ele foi autor e co-autor de várias publicações sobre testes de diagnóstico.

O Dr. Simmons também ensina imunologia, patologia molecular e microbiologia na faculdade de medicina de Harvard. As suas atividades de pesquisa levaram à descoberta de um estado de superativação macrofágica que tem amplas implicações para a doença inflamatória humana, e seu programa de pesquisa se concentra na dissecação de vias para atingir a superativação macrofágica.
                
 
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM
  • O sistema imunológico inato e o adaptável desempenham um papel na proteção contra infecções respiratórias
  • As respostas imunes adaptativas são definidas pela diversidade clonal e expansão clonal
  • A imunidade esterilizante é um objetivo difícil, dependente da neutralização microbiana

 

QUEM DEVE ASSISTIR
  • Profissionais de laboratórios
  • Médicos

 

PÁGINAS RELACIONADAS
  

 

Doenças infecciosas

 

Destacando o citomegalovírus – concentre-se em melhorar os resultados para mães e bebês

Embora tenham sido feitos avanços significativos nos testes diagnósticos de CMV, a triagem universal durante a gravidez ainda não foi substancialmente implementada ou recomendada. A carga da doença relacionada ao CMV congênito é significativa, pois é a principal causa não genética de perda auditiva e deficiência de neurodesenvolvimento em crianças. Apesar de sua significância clínica, o CMV congênito muitas vezes não é detectado porque muitos bebês infectados são assintomáticos no nascimento.1   
Embora o diagnóstico precoce e a intervenção sejam fundamentais, a prevenção da infecção materna, a educação e a otimização da terapia antiviral podem ajudar a reduzir a carga. Esta apresentação destaca a importância clínica da infecção congênita por CMV, do diagnóstico, do tratamento, dos desenvolvimentos em diagnósticos laboratoriais e de como podemos avançar para reduzir ainda mais o impacto do CMV congênito globalmente.

    Palestrante
    Hantz_109x135.jpg
    Professor Sébastien Hantz MD. PhD.
    Departamento de bacteriologia - Higiene de virologia
    NRV para vírus da herpes, CHU Limoges, França

    O Professor Sébastien Hantz é um líder brilhante e reconhecido em virologia e infecções sexualmente transmissíveis relacionadas ao vírus da herpes (CMV e HSV) e ao papilomavírus humano. Além do diploma de Doutor em medicina, ele recebeu o doutorado em 2009 pela Universidade de Limoges, França. Atualmente, é virologista médico sênior, chefe do departamento de sorologia infecciosa e professor de virologia da Universidade de Limoges e Hospital de Limoges, França.

    Desde 2016, atuou como diretor adjunto do Centro Nacional de Referência para vírus da Herpes. O seu interesse de pesquisa está nas infecções congênitas, infecções bacterianas sexualmente transmissíveis e resistência do CMV às terapias antivirais. Com mais de 50 publicações revisadas por colegas, o professor Hantz tem ampla experiência em pesquisa e revisou muitos manuscritos para várias revistas.

    Como membro anterior do Conselho Universitário Nacional (CNU 45-01), recrutou ativamente a futura geração de professores assistentes e, atualmente, coordena duas unidades educacionais para treinamento em pesquisa na Universidade de Limoges. Ele também atuou como especialista em diversas agências francesas de saúde (INCa, ANSM, HAS) e participa do conselho consultivo de um fabricante de vacinas.
     
     
            
     
    OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM
    • Descrever o espectro clínico e os desfechos das infecções por cCMV
    • Perceber a importância da triagem/diagnóstico e entender o papel do diagnóstico
    • Reconhecer oportunidades de prevenção, gerenciamento e estratégias terapêuticas

     

    QUEM DEVE ASSISTIR
    • Profissionais de laboratórios
    • Obstetras e ginecologistas
    • Especialistas em doenças infecciosas 
    • Pediatras

     

    PÁGINAS RELACIONADAS

     

    1. Marsico, Concetta e David W Kimberlin. "Infecção congênita por citomegalovírus: Avanços e desafios no diagnóstico, prevenção e tratamento." Revista italiana de pediatria vol. 43,1 38. 17 abr. 2017, doi:10.1186/s13052-017-0358-8.
      

     


     

    A ELIMINAÇÃO DA HEPATITE C COMEÇA COM O DIAGNÓSTICO

    Como você elimina uma doença onde 95% das pessoas não sabem que sofrem dela?

    A hepatite C é chamada de assassino silencioso, pois ela passa despercebida por décadas, até que haja dano hepático grave. Diagnosticar os indivíduos infectados é o primeiro passo para evitar a proliferação da hepatite C, vincular pacientes com tratamentos curativos e criar uma consciência geral.

    Um futuro mais saudável sem hepatite C agora é possível, por meio de inovações em ciência e tecnologia. Assista ao webinar educacional para saber como os avanços de laboratórios clínicos podem ajudar a tornar a eliminação da hepatite C uma realidade.


      Palestrante
      hepatitis-c-elimination-webinar-speaker-jean-michel-pawlotsky.jpg
      Jean-Michel Pawlotsky
      Professor de Medicina da Universidade de Paris-Est.
      O Dr. e PhD Prof. Jean-Michel Pawlotsky é professor de medicina na Universidade Paris-Est., diretor do Centro de Referência Nacional de Hepatite Viral B, C, e D, diretor do Departamento de Virologia do Hospital Universitário Henri Mondor, em Créteil, França e diretor do Departamento Acadêmico de Vírus, Imunidade e Câncer. 
       
       
            
       
      OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM
      • Discutir a importância do laboratório clínico em alcançar as metas de eliminação da Organização Mundial da Saúde (OMS)
      • Compreender os avanços de diretrizes recentes que suportam a eliminação da hepatite C
      • Descrever processos simplificados de diagnóstico que suportam um melhor acesso a atendimento

       

      QUEM DEVE ASSISTIR
      • Profissionais de laboratórios
      • Médicos
        
       
       

       

      Cardiologia

       

      ESTRATIFICAÇÃO DE RISCO DE POPULAÇÃO APARENTEMENTE SAUDÁVEL COM STAT DE TROPONINA-I DE ALTA SENSIBILIDADE DO ARCHITECT

      Neste webinar, você ouvirá sobre um aplicativo recentemente marcado pela CE para STAT de troponina-I de alta sensibilidade do ARCHITECT, que ajuda a fornecer maior exatidão para a estimativa de risco para eventos cardíacos futuros em pessoas aparentemente saudáveis, quando usado em conjunto com achados clínicos e de diagnóstico. O risco é classificado como baixo, moderado ou elevado e o uso do STAT de troponina I de alta sensibilidade do ARCHITECT é compatível com um grande corpo de evidências. Este simples exame de sangue pode auxiliar em intervenções mais precoces para pacientes de alto risco e pode evitar exames e tratamentos desnecessários em pacientes de baixo risco. O STAT de Troponina I de alta sensibilidade do ARCHITECT é conhecido por muitos por seu uso em departamentos de emergência, onde é confiável há muitos anos para decidir ou descartar o infarto do miocárdio. Essa aplicação mais recente prepara o terreno para reduzir a sobrecarga da doença cardiovascular por meio da prevenção.


        Palestrante
        gillian-murtagh-risk-stratification-webinar-speaker-image.jpg
        Dra. Gillian Murtagh
        Diretora médica adjunta, Abbott Diagnostics
        A Dra. Murtagh é Diretora médica associada de Assuntos médicos e científicos da Abbott Diagnostics. A Dra. Murtagh dirige e implementa atividades de pesquisa clínica, programas educacionais internos e externos e projetos de desenvolvimento de negócios no espaço cardíaco. A Dra. Murtagh recebeu seu diploma de médica do Trinity College Dublin em 2003, antes de concluir a residência em Clínica Médica e treinamento especializado em Cardiologia (Advanced Cardiovascular Imaging and Cardio-Oncology no Northwestern Memorial e na Universidade de Chicago).

        A Dra. Murtagh está envolvida na investigação de biomarcadores cardiovasculares há mais de dez anos. Ela foi co-presidente do Grupo de trabalho da ACC em Cardio-Oncologia e escreveu e co-escreveu várias publicações sobre biomarcadores e exames de imagem. Ingressou na Abbott Diagnostics Division como diretora médica adjunta em 2015. 
         
         
                
         
        OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM
        • Entender as limitações das ferramentas atuais de avaliação de riscos
        • Entenda como a adição do STAT da troponina-I de alta sensibilidade do ARCHITECT nos algoritmos de avaliação pode ajudar a prever o risco
        • Entenda o corpo de evidências

         

        QUEM DEVE ASSISTIR
        • Profissionais de laboratórios
        • Endocrinologistas
        • Médicos
        • Especialistas em doenças metabólicas

         

        PÁGINAS RELACIONADAS
          

         


         

        Evento: Esc preventive cardiology 2021 

        papel emergente dos biomarcadores cardíacos na estratificação do risco cardiovascular

        Neste webinar, você pode aprender mais sobre como o papel emergente dos biomarcadores cardíacos na estratificação do risco cardíaco e como adotar uma abordagem centrada no paciente, por meio do uso adicional de troponina-I de alta sensibilidade, em conjunto com outros achados diagnósticos clínicos, pode orientar o tratamento e ajudar a aprimorar os desfechos de pacientes.


          Palestrantes
          ESC_WolfgangKoenig.png
          Dr. Wolfgang Koenig
          ESC_LuisLiete.png
          Dr. Luis Liete
          ESC_AnoopShaw.png
          Dr. Anoop Shah


          Dr. Wolfgang Koenig, MD, FRCP, FACC, FAHA e FESC é professor de Cardiologia. Ex-diretor do WHO-MONICA Augsburg Myocardial Infarction Registry, ocupou vários cargos clínicos no centro médico da Universidade de Ulm. Em abril de 2015, ingressou no Deutsches Herzzentrum München, onde é o chefe da Unidade Cardiometabólica.

          O Dr. Luis Liete é atualmente um cardiologista intervencionista no CHUC (Coimbra, Portugal).

          O Dr. Anoop Shah é afiliado à London School of Hygiene and Tropical Medicine, de Londres. Seus principais objetivos de pesquisa são compreender as tendências epidemiológicas na incidência e no diagnóstico de patologias cardiovasculares comuns. Ele está envolvido em estudos clínicos randomizados em grupos multicêntricos, usando "big data" para avaliar como as mudanças nos sistemas de saúde podem aprimorar os desfechos de pacientes com doença cardiovascular. Possui grande interesse em pesquisas sobre saúde cardiovascular global, especialmente em nações de baixa e média renda.
           
           
           
           
           
                       
           
          OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM
          • Saiba mais sobre os benefícios de usar biomarcadores cardíacos para estratificar melhor o risco de um evento cardíaco futuro para os pacientes 
          • Compreender as limitações dos modelos clássicos de estratificação de risco e enfatizar a importância da personalização da abordagem para a prevenção de DCV

           

          QUEM DEVE ASSISTIR
          • Cardiologistas
          • Médicos de atendimento primário
          • Profissionais de laboratórios
          • Diretor Clínico

           

          PÁGINAS RELACIONADAS

           

           

            

           

          Explorar 


          knowledge-center-learning-guide_200x300.jpg

          Guias de aprendizagem

          Desenvolva as principais competências de laboratório e explore tópicos de várias disciplinas com nossos guias de aprendizagem.

          Acesse os Guias de aprendizagem

          knowledge-center-crosslink_300x200.jpg

          Centro de conhecimentos

          Encontre as últimas informações sobre ciência laboratorial, áreas terapêuticas e inovações da Abbott.

          Acesse o Centro de conhecimentos  

          tvo-webinar-efficiency-image-300x200.jpg

          Webinar: Valor Total de Propriedade

          Assista ao webinar para ouvir especialistas sobre como você pode perceber o valor dentro e fora do laboratório com uma abordagem de VTP. 

          Assista ao Webinar 

          VOCÊ ESTÁ PRESTES A SAIR DA FAMÍLIA DE SITE DA ABBOTT E ENTRAR EM UM SITE DE TERCEIROS

          Links com outros sites que não pertençam aos sites mundiais da Abbott não estão sob o controle da Abbott. A Abbott não se responsabiliza pelo conteúdo desses sites nem por outros links a partir desses sites. A Abbott fornece esses links apenas por conveniência. A inclusão de qualquer link não implica endosso do site vinculado por parte da Abbott. O site que você solicitou pode também não estar otimizado para o tamanho da sua tela.

          Deseja continuar e entrar neste site?

          Sim Não

          Você está prestes a entrar em um site da Abbott específico de um país ou região.

          Vale ressaltar que o site que você solicitou se destina aos residentes de um determinado país ou países, conforme observado no respectivo site. Por isso, o site pode conter informações sobre produtos farmacêuticos, dispositivos médicos e outros produtos ou aplicações de produtos que não sejam aprovadas em outros países ou regiões.

          Deseja continuar e entrar neste site?

          Sim Não

          Você está prestes a entrar em um site da Abbott específico de um país ou região.

          Vale ressaltar que o site que você solicitou se destina aos residentes de um determinado país ou países, conforme observado no respectivo site. Por isso, o site pode conter informações sobre produtos farmacêuticos, dispositivos médicos e outros produtos ou aplicações de produtos que não sejam aprovadas em outros países ou regiões.

          Deseja continuar e entrar neste site?

          Sim Não

          DESEJA CONTINUAR E SAIR DO SITE CORE LABORATORY?

          O conteúdo não está sob controle de Corelaboratory.abbott.

          Sim Não